Flamengo: O Único Hexacampeão Brasileiro de Futebol Masculino!

7 dezembro, 2009 às 01:17 | Publicado em Campanhas, Datas Comemorativas, Homenagens com Humor, Post Desabafo, Videos | 22 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

“Mengo!
Estou sempre contigo
Somos uma nação
Não importa onde esteja
Sempre estarei contigo

Com meu manto sagrado
Minha bandeira na mão
O Maraca é nosso
Vai começar a festa

Dá-lhe, dá-lhe, ô
Dá-lhe, dá-lhe, ô
Dá-lhe, dá-lhe, ô
Mengão do meu coração”

Salve Salve queridos torcedores RubroNegros (Gremistas também, é claro! Heheheh)! O Post de Hoje, não poderia ser outro, senão, uma singela e querida homenagem ao clube que tantas alegrias nos deu até hoje! Sei que nem é preciso mencionar, mas estou me referindo ao Mengão, que hoje conquistou mais um título, almejado há cerca de 17 anos, o HEXACAMPEONATO BRASILEIRO!

E para comemorar a conquista desse tão sonhado título, preparamos um flashback de todos os 6 títulos brasileiros conquistados pelo Flamengo, agora ÚNICO Hexacampeão Brasileiro de Futebol MASCULINO! Fiz questão de postar em caixa alta para que nenhum são-paulino se sinta no direito de questionar a exclusividade! =P

1980Campeão Brasileiro (Flamengo 3 x 2 Atlético-MG)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Público: 154.355.

Data: 01 de Junho de 1980.

Gols: Nunes aos 7, Reinaldo aos 8 e Zico aos 44 do primeiro; Reinaldo aos 21 e Nunes aos 37 do segundo tempo.

Escalação:

Flamengo: Raul, Toninho, Manguito, Marinho e Júnior; Andrade, Carpegiani (Adílio) e Zico; Tita, Nunes e Júlio César. Técnico: Cláudio Coutinho.

Atlético Mineiro: João Leite, Orlando (Silvestre), Osmar, Luisinho (Geraldo) e Jorge Valença; Chicão, Toninho Cerezo e Palhinha; Pedrinho, Reinaldo e Éder. Técnico: Procópio Cardoso.

A Conquista…

Após 9 anos de campeonato nacional, o Flamengo conquista seu primeiro e inesquecível título. Na época, o campeonato era decidido no mata-mata, ou seja, só quem ganhava passava para o próximo jogo, após a fase de classificação, com jogos dentro e fora de casa. O primeiro jogo da decisão, no qual o Flamengo jogou sem Zico, contundido, o Atlético venceu por 1 x 0, necessitando apenas de um empate no próximo jogo para se consagrar campeão. Neste, Éder (Atlético) faturou a mandíbula de Rondinelli numa dividida, tirando-o de campo, desacordado, e do próximo jogo.

No segundo jogo, já com a presença de Zico, artilheiro isolado do campeonato com 21 gols, e o consagrado Nunes, o primeiro tempo, bem disputado, terminou em 2×1 para a equipe rubro-negra. No vestiário, Coutinho reuniu todos os jogadores e leu uma carta para a equipe, escrita no hospital por Rondinelli, com o maxilar preso por arames e parafusos. O então conhecido “Deus da Raça” dizia: “Vamos pra cabeça, companheiros!”. As poucas palavras foram mais que suficientes para motivar a equipe rubro-negra, que não se amedrontou após ceder o empate, ainda aos 21 do segundo tempo, e conseguiu a merecida vitória com Nunes, o mesmo autor do primeiro gol da partida, abrindo e fechando a final com chave de ouro e trazendo o Primeiro Campeonato Brasileiro para o Mengão!

Confira na íntegra os melhores lances da partida:

1982Bicampeão Brasileiro (Flamengo 1 x 0 Grêmio)

Local: Olímpico, Porto Alegre.

Público: 62.256

Data: 25 de Abril de 1982.

Gols: Nunes aos 10.

Escalação:

Grêmio: Leão; Paulo Roberto, Newmar, De León e Paulo César; Batista, Paulo Isidoro e Vilson Tadei (Odair); Renato Gaúcho, Baltazar (Paulinho) e Tonho (Odair). Técnico: Ênio Andrade.

Flamengo: Raul; Leandro, (Antunes), Marinho, Figueiredo e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes (Vítor) e Lico. Técnico: Paulo César Carpeggiani.

A Conquista…

A primeira partida, contra o Grêmio, Campeão Brasileiro do ano anterior, diante de 138 mil torcedores no Maracanã, contou com um empate modesto, por 1×1, com gols de Zico (dispensa apresentações) e “Tonho”, para a equipe gremista. Já o segundo jogo, em Porto Alegre, no qual um único gol poderia ser o suficiente para decidir o campeonato de 82, este não chegou nos 90 minutos de partida. Por conseqüência dos dois empates, o campeonato daquele ano seria decidido em uma terceira partida.

Em 24 de Abril de 1982, dia anterior à grande final, Zico, novamente artilheiro, com 20 gols, arriscou um palpite: “Estou com o sentimento de que vai ser 1×0, com gol do Nunes“. A precisão com que Zico sugeriu o placar do dia posterior no estádio Olímpico, em Porto Alegre, foi a mesma que o Galinho utilizou logo aos 10 minutos do primeiro tempo, com uma boa jogada no meio-de-campo e um excelente passe para ele, nada mais nada menos que Nunes, que entrou na área gremista com boas condições e bateu forte, mas com categoria, eliminando completamente as chances de defesa do famoso goleiro, hoje treinador, Leão, e de título para a equipe gaúcha. O jogo ainda contou com duas defesas sensacionais do goleiro Raul, que comemorou junto com grande parte dos 60 mil torcedores, Flamenguistas, e uma considerável parcela de torcedores do Inter, estes muito felizes pela vitória rubro-negra sobre seu arqui-riva, tricolor gaúcho.

Confira na íntegra os melhores lances da partida e a previsão do “Profeta” Zico:

1983Tricampeão Brasileiro (Flamengo 3 x 0 Santos)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Público: 155.253.

Data: 29 de Maio de 1983.

Gols: Zico aos 1, Leandro aos 39 e Adílio aos 89.

Escalação:

Flamengo: Raul, Leandro, Figueiredo, Marinho e Júnior; Vítor, Adílio, Élder, Baltazar (Robertinho); Zico, Júlio César Barbosa (Ademar). Técnico: Carlos Alberto Torres.

Santos: Marola, Toninho Oliveira, Joãozinho, Toninho Carlos e Gilberto; Toninho Silva (Serginho Dourado), Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho Batistote), Serginho Chulapa e João Paulo. Técnico: Formiga.

A Conquista…

Das 26 partidas disputadas no Brasileiro de 1983, o Flamengo venceu 14, empatou 7 e perdeu 5. Apesar das derrotas, o time rubro-negro garantiu o melhor ataque da competição, com 57 gols, além do melhor saldo, 30 gols.

Naquele dia, 29 de Maio de 1983, o Flamengo venceria o Santos por 3×0 no Maracanã, no jogo que será pra sempre o recordista de público na história do Campeonato Brasileiro com mais de 155 mil torcedores. O Flamengo havia perdido o primeiro jogo no Morumbi por 2×1 e precisava vencer no Maracanã. Logo no começo do jogo, Zico abriu o placar com 1 minuto de partida, aos 39 Leandro ampliou, e aos 44 do segundo tempo Adílio fechou o caixão, marcando o terceiro gol, o Flamengo garantia assim o seu Tricampeonato Brasileiro.

Confira na íntegra os melhores lances da partida:

1987Tetracampeão Brasileiro (Flamengo 1 x 0 Internacional)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Público: 91.034.

Data: 13 de Dezembro de 1987.

Gols: Bebeto aos 16.

Escalação:

Flamengo: Zé Carlos, Jorginho, Leandro, Edinho e Leonardo; Andrade, Aílton e Zico (Flávio); Renato Gaúcho, Bebeto e Zinho. Técnico: Carlinhos

Internacional: Taffarel, Luís Carlos Winck, Aluísio, Nenê e Paulo Roberto (Beto); Norberto, Luís Fernando e Balalo; Hêider (Manu), Amarildo e Brites: Técnico: Ênio Andrade.

A Conquista…

O polêmico campeonato de 1987 foi marcado por inúmeras discrepâncias entre o formado Clube dos 13 e a CBF, que não havia se pronunciado para a realização do Campeonato Brasileiro de 1987 e decidiu não só entrar na Copa União, competição formada pelos principais clubes brasileiros, como também tentar mudar suas regras para definição do vencedor, quando esta já estava em andamento e realizada sem qualquer apoio inicial da CBF, apenas dos clubes que organizaram todo o campeonato e assinaram um termo de compromisso não aceitando qualquer das alterações sugeridas pela CBF. Com isso, a CBF, que não queria perder seu poder no futebol brasileiro, definiu o Sport como o campeão, já que pelo regulamento definido pelo clube dos 13, o vencedor do módulo verde, no caso o Flamengo, não teria que decidir o título com o Sport, vencedor do módulo amarelo (equivalente à segunda divisão do campeonato), como proposto pela CBF. Hoje, a Confederação Brasileira de Futebol, já aceita o título rubro-negro, mas muitos torcedores de outros times, muitos dos quais faziam parte do Clube dos 13, por falta de informação e aversão ao clube carioca, não admite o Tetracampeonato Brasileiro do Mengão em 1987.

O gol que definiu o campeão de 1987 saiu dos pés do até hoje ídolo Bebeto, sobre o qual não haveria descrição melhor senão do próprio goleiro, Taffarel: “Ainda não entendi. Fui certo de que abafaria aquela bola. De repente, surgiu o pé do Bebeto”. Segundo algumas fontes, até hoje Taffarel coleciona replays do lance, na tentativa frustrada de conseguir enxergar o pé do Bebeto.

Confira na íntegra os melhores lances da partida:

1992Pentacampeão Brasileiro (Flamengo 2 x 2 Botafogo)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Público: 122.001.

Data: 19 de Julho de 1992.

Gols: Pichetti aos 38 do 2º e Valdir aos 43 do 2º (Botafogo) e Junior aos 42 do 1º e Julio César aos 10 do 2º (Flamengo).

Escalação:

Flamengo: Gilmar; Charles Guerreiro, Gelson, Wilson Gottardo e Fabinho (Mauro); Uidemar, Júnior e Zinho; Julio César, Gaúcho (Djalminha) e Piá. Técnico: Carlinhos

Botafogo: Ricardo Cruz; Odemilson, Renê, Marcio Santos e Válber; Carlos Alberto Santos, Pingo e Carlos Alberto Dias; Vivinho (Jéferson Gaúcho), Chicão (Pichetti) e Valdeir. Técnico: Gil.

A Conquista…

O Pentacampeonato rubro-negro, talvez o mais fácil conquistado até hoje, contra o rival carioca Botafogo, não precisou de mais do que o primeiro tempo da primeira partida para ser decidido. Comandado por Júnior, que abriu o placar chutando de fora da área aos 15 minutos, o time ampliou logo aos 34, quando Nélio, lançado por Fabinho, toca por entre as pernas do goleiro alvi-negro. O terceiro e último gol da primeira partida ocorreu apenas 4 minutos depois, com um cruzamento perfeito de Piá e a cabeceada certeira de Gaúcho, aos 38. No segundo tempo não houve alteração no placar.

O jogo de volta, também no Maracanã, atraiu mais 20 mil torcedores, em uma partida na qual o Flamengo poderia perder por 2 gols de diferença e ainda assim garantiria o título brasileiro. Apesar da boa vantagem, o rubro-negro não se acomodou e abriu o placar, aos 42, com o Maestro Júnior. Logo aos 10 do segundo tempo, o segundo gol do Flamengo foi marcado pelo ala Júlio Cesar. A partir daí, a torcida rubro-negra já comemorava o título e nem os dois gols alvi-negros, aos 38 por Pichetti e 43 por Valdir, foram suficientes para tirar o Pentacampeonato do Flamengo.

Confira na íntegra os melhores lances da partida:

2009Hexacampeão Brasileiro (Flamengo 2 x 1 Grêmio)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Público: 84.848.

Data: 06 de Dezembro de 2009.

Gols: Roberson, aos 21, David, aos 29 (Flamengo); Ronaldo Angelim, aos 24 do segundo tempo.

Escalação:

Flamengo: Bruno; Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Airton, Toró (Everton), Williams e Petkovic (Fierro); Zé Roberto (Kleberson) e Adriano. Técnico: Andrade.

Grêmio: Marcelo Grohe; Mario Fernandes, Léo, Tiego e Fabio Santos; Túlio, Douglas Costa, Lúcio e Adilson (Mithyue); Maylson e Roberson (Bergson). Técnico: Marcelo Rospide.

Principais Marcos…

Após a demissão do técnico Cuca, o Flamengo, que não vencia há 4 rodadas, foi assumido por Andrade em jogo contra o Santos, em 26/07/2009. Para muitos, a vitória contra o Santos de 2×1 na Vila Belmiro foi um dos principais marcos para motivar o time na briga pelo título brasileiro.

Em 29/08/2009, após 3 derrotas consecutivas, pouco se almejava para o time carioca na competição. A vitória sobre o Santos, no Maracanã, por 3×0 também pode ser considerada como um marco, pois a partir desta, o time rubro-negro permaneceu invicto por 10 jogos, perdendo apenas uma partida, para o Barueri, até o fim do campeonato.

Em 10/10/2009, o Flamengo consegue vitória importantíssima, por 2×1, em cima do São Paulo, aproximando-se do G-4 e motivando não só o clube mas também a torcida rubro-negra para a briga pelo título.

Em 18/10/2009, a vítima da vez foi o então líder Palmeiras, por 2×0, com direito a gol olímpico de Petkovic, fato que aproximou ainda mais o clube do G-4 e foi essencial para aumentar a expectativa rubro-negra ao tão sonhado título.

“O jogo contra o Atlético-MG foi um marco. Depois dele pensei que realmente poderíamos chegar ao título”. Foram as palavras do técnico Andrade, após uma vitória de 3×1, em pleno Mineirão lotado, dia 08/11/2009, responsável por consolidar o time no G-4, onde ficou até o final do campeonato e a conquista deste.

A Conquista…

A última rodada do Campeonato Brasileiro mais disputado da história foi realmente emocionante e digna de tal nomeação. O Flamengo, líder com 64 pontos, precisava apenas de uma vitória, no Maracanã, contra o Grêmio, para abocanhar o título. Por outro lado, mais três times, com 62 pontos, também seguiam na briga e poderiam ser campeões com um simples empate do Flamengo.

O primeiro concorrente era o Internacional, que, ironicamente, dependia do bom desempenho do seu arqui-rival gaúcho, Grêmio, e de uma vitória contra o rebaixado Santo André para a conquista do título.

Logo atrás do Inter, havia o Palmeiras e o São Paulo, ambos dependendo de um tropeço dos dois primeiros e, claro, de um dos dois paulistas, para retornarem à primeira posição na última rodada do campeonato.

Ao contrário de muito que se especulava, sobre a entrega do título ao Flamengo pelo Grêmio, que já não tinha nenhuma aspiração no campeonato, senão a vaga, já conquistada, para a Copa Sul-Americana, de modo a evitar que o Inter seja campeão, o jogo foi muito disputado, com Roberson abrindo o placar para o Grêmio, aos 21 do primeiro tempo, após cobrança de escanteio e falha de marcação da defesa rubro-negra. Ao mesmo momento, no Beira-Rio, o Inter ganhava o Santo André por 1×0, ficando temporariamente com o título brasileiro.

O gol de empate do Flamengo ocorreu apenas 8 minutos depois,  com o zagueiro David aproveitando a sobra na grande área para um chute certeiro no canto direito do goleiro Marcelo Grohe. Apesar de tranqüilizar mais a torcida rubro-negra, o empate ainda favorecia o Inter, que aumentou o marcador aos 33 minutos, deixando a última rodada em clima de aflição, principalmente para os flamenguistas.

O segundo tempo começou sem alterações no Maracanã. O Flamengo pressionava mais, mas o goleiro Marcelo, assim como com a forte marcação da defesa gremista, não dava oportunidades para o time da casa. Na tentativa de aumentar a velocidade do Flamengo, Andrade decide por substituir Petkovic, mas um escanteio é marcado e o craque decide cobrá-lo antes de sair. Aos 24 minutos do segundo tempo, Pet faz a cobrança e manda a bola na medida para Ronaldo Angelim desviar de cabeça, balançando as redes e o coração de milhões de rubro-negros em todo o mundo. O Inter ainda fez mais 2 gols e levou 1, goleando o Santo André por 4×1, mas a batalha no Maracanã não teve outro resultado, senão a merecida vitória rubro-negra e a tão sonhada conquista do Pentacampeonato Brasileiro! Título almejado há 17 anos, título este que ficará na história, na mente e no coração de todos. Único título brasileiro que pude realmente acompanhar, afinal, no anterior, tinha apenas 8 aninhos e, apesar de já Flamenguista, mal sabia o que era um Campeonato Brasileiro. Hoje sei e dou o valor que esse time merece, muito porque pude acompanhar sua trajetória não só nesse campeonato mas em muitos outros e com todas as forças tenho o orgulho de gritar em alto e bom tom: HEXACAMPEÃO BRASILEIRO! Os São-Paulinos que nos aguardem, afinal 2010 está aí…e estamos no páreo novamente! (ainda que muitos digam que o Flamengo seja o único hexacampeão de futebol masculino, mas na dúvida, vamos ganhar novamente!)

Parabéns a todos pela Vitória! Somos e sempre seremos a Maior Torcida do Mundo Que Faz a Diferença!

Confira na íntegra os melhores lances da partida:

Também não poderia faltar a festa da torcida, lotando o Maracanã com uma festa de balões pra nenhum time botar defeito:

Bjundas RubroNegras!


Anúncios

Mengão…Rumo Ao Hexa!!! FECHADA Temporada de Caça Aos “Bambis”…

30 novembro, 2009 às 20:30 | Publicado em Campanhas, Homenagens com Humor, Post Desabafo, Videos | 6 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

“Vamos, FLAGRÊMIO!
Vamos ser campeão, vamos
FLAGRÊMIO!
Minha maior paixão, vamos,
FLAGRÊMIO!
E essa taça vamos conquistar!”

Estimados Flamenguistas do meu coração! Ah os demais visitantes tb….=P

O Post de Hoje na verdade era pra ser o Post de Ontem! Que não aconteceu por culpa…provavelmente de algum são-paulino que deve ter se jogado nos fios de alta tensão depois de ficar de 4 contra o Goías, ocasionando o pique de energia aqui na rua, desligando o modem que fica na casa da vizinha (shhhhhh) e sumindo de vez com minha internet!!

Mas assim como todo Brasileiro que naum desiste nunca, muito menos entrega os pontos antes do fim do campeonato (ok, há algumas exceções), aqui estou com o Post de Ontem!

Mas antes de começar, como vocês já devem ter percebido no título do post, está fechada a Temporada de Caça aos Bambis! Decidimos isso por se tratarem de animaizinhos muito dóceis que mal algum fazem a alguém…portanto merecem continuar saltitando alegres e serelepes nos bosques dos campeonatos brasileiros….

Agora pra começar e finalizar o post de hoje, teremos 1 única imagem! Que, como já mencionado anteriormente, é mais expressiva que mil palavras e um hexacampeonato! Sei que quem ri por último eh retardado ri melhor…mas quem ri em praticamente todos os finais de semana se diverte muito mais! =P

Desculpem quebrar um pouco o protocolo, afinal, combinamos que seria apenas uma imagem…mas não resisti quando achei esse bonequinho tão simpático do vídeo abaixo! Tanto que já mandei encomendar dezenas pra presentear a todos meus amigos são paulinos, afinal….como já dizia o Tiririca….“…ele é corno mas é meu amigo…ele é são-paulino, mas eh meu amigo…”!

É isso ae pessoal, espero que tenham gostado…e se não gostaram, o azar é de vocês e do pai sofredor que lhes incentivaram a torcer pro tricolor paulista! Tentem resolver seus problemas com o Botafogo! Mas cuidado pra não queimarem a rosca com o Alvinegro! uehuehuehue

Bjundas!


“Vamos, FLAGRÊMIO! Vamos ser campeão, vamos FLAGRÊMIO! Minha maior paixão, vamos, FLAGRÊMIO! E essa taça vamos conquistar!”

“Traz a cachaça… o Torresmo o FLAMENGO já providenciou!!” – Parmêra 0 x 2 MENGÃO… o grande show do Maestro Petkovic

19 outubro, 2009 às 11:58 | Publicado em Homenagens com Humor, Pior foi na Guerra, Vários | 3 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

“Tu és Time de tradição… raça, amor e paixão… óh meu MENGOOO!!…”

Olááá, galera do condomínio!
como estamos?! espero que bem… porque eu estou em estado de graça! \o

E hoje, o post é em homenagem ao nosso querido ChuckBoy… afinal de contas, não é todos os dias que os Palmeirenses podem presenciar um show daqueles EM CASA!!
O Maestro Petkovic esteve em mais uma daquelas tardes inspiradas, onde pra ele eram suficientes uma bola murcha e meio palmo de chão pra ele fazer uma daquelas mágicas… sabe o que aconteceu?! olhe vc mesmo, caso ainda não tenha visto os gols da partida:

 

 

E ainda me vem o ChuckBoy me questionando pelo fato de o Pet ter feito o primeiro gol… e veio dizendo “como a defesa deicou aquele ‘velho lerdo’ entrar daquele jeito na áreaz e fazer aquele gol”…

simples… o cara entrou na área, dançou, tirou três zagueiros, fez o que quis e, por fim, finalizou com um toque de gênio! e qual foi a participação da defesa do Palmeiras nisso?! NENHUMA… o Pet não deixou!! kkkkkkkkkkkk

e Sobre o segundo gol?! poucas coisas à comentar…

primeiro: NINGUEM pode continuar dizendo que foi cagada, ou que foi sem querer… afinal, Gol Olímpico já faz parte do repertório do Pet!

Segundo: Alguns tentam tirar o mérito do gol dos outros dizendo que foi gol contra… ou que foi frango do Marcos… mas é mentira! o Marcos é hoje o segundo melhor goleiro do Brasil (o primeiro é o BRUNO! kkkkkk) e fez o que pode… mas convenhamos: não deve ser fácil pegar uma bola daquelas, né?! então.. mérito do Pet!

terceiro: o Marcos deve estar sonhando com esse jogo até agora! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

tá bom, tá bom… pra não dizer que o Pet jogou sozinho, quero ressaltar a atuação do Airton, que segurou o ataque do Palmeiras de forma incrível, jogando de forma leal e sem faltas, ressaltar a importancia do Maldonado, que além dos desarmes que sempre faz, fez a ligação com o ataque ser mais rápida… enfim… o Flamengo deu show sim! O Palmeiras pecou achando que marcando o Adriano estaria acabando com o perigo oferecido pelo Flamengo… bobinhos! kkkkkkk

Então, pra finalizar… a pequena homenagem do Amor com Humor ao nosso brother ChuckBoy e a todos os Parmerenses que frequentam nosso humilde e zé buceta blog, aí vai mais um “Pior Foi na Guerra!”…

 

 

piorfoinaguerra

 

E aqui terminamos mais um de nossos posts… não esquecendo de que hoje é dia de comer palmeirense carne de porco… e, é claro, dia de zoar o ChuckBoy… deixe sua zoação nos comentários! aposto que ele vai adorar! AUSHUhasuhAUSHas

E só pra frizar: “Deixou chegar?! o Flamengo atropeeela!” – o grande lema do Flamengo! \x/

bjundas, e Saudações Rubronegras!

\x/



Entries e comentários feeds.