A Verdadeira Estória de “Sonsão” e Dalila

28 junho, 2009 às 02:09 | Publicado em Estórias Fantárdigas, Homenagens com Humor | 7 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Hey, Ho! Let’s Go! Afinal, nosso blog não pode parar!

E para continuarmos a todo vapor, lhes trago mais um conteúdo “iscruzivo” da seção Estórias Fandárdigas! Para os que estão chegando hoje ao blog, essa seção foi criada  no intuito de apresentarmos as “verdadeiras” estórias dos contos que há muito conhecemos, sempre com um final feliz e educativo. Traremos hoje para vocês a versão secreta do conto “Sonsão” e Dalila.

Quando Sonsão nasceu, sua mãe soltou um pum grito forte! Além do guri ter saído sozinho como gases, em poucos segundos já abrira os olhos e cortara seu próprio cordão umbilical. Sua mãe percebeu nesse momento que aquela certamente seria uma criança especial.

Desde então, o cabelo de Sonsão começou a crescer e, devido a uma promessa para que o menino seja sempre saudável, sua mãe não deixou cortá-lo até que fizesse 12 anos. Quando o garoto completou tal idade e já se sentia dono do próprio nariz, passou então a repudiar e impedir a menor tentativa de redução dos seus tão cuidados cachos.

SansãoAo completar 20 anos, o cabeludo Sonsão já tinha plena consciência de suas habilidades e era temido por todos os rapazes da vizinhança. Com as meninas, e especialmente uma tal de Dalila, este fazia sucesso. Ao perceber que a Dalilinha estava dando sopa, nosso amigo não perdeu tempo e derrubou dois helicópteros com sua pipa, só para impressioná-la (ok, eu sei que não existia helicóptero naquela época, mas cë acha que derrubar um urubu iria impressionar alguém que não seja da família do bicho?!).

O relacionamento de Dalila e Sonsão durou muitos anos. Em todos eles, Sonsão sempre muito prestativo, fazia questão de ajudá-la nas tarefas domésticas, ainda que em muitos momentos, por alguma distração, quebrasse alguns pratos, entortasse alguns talheres e amassasse algumas panelas de pressão.

Dalila, no entanto, não retribuía à mesma altura todas as gentilezas de seu amado, chegando a traí-lo com seu melhor amigo, enquanto o marido se ocupava no árduo trabalho de demolir casas (acredito que não será preciso enfatizar que nenhuma ferramenta, senão as mãos, eram utilizadas no desempenho desta função).

Os encontros de Dalila com o melhor amigo de Sonsão passaram a se tornar cada vez mais frequentes, a ponto de todos, com exceção do próprio corno, já terem pleno conhecimento do adultério, mas não se manifestarem por medo e respeito a Sonsão, que então passou a fazer juz ao nome de batismo.

Best Friend

Quando Dalila lhe deu a notícia de que queria se separar e iria morar com seu melhor amigo, o coração de Sonsão disparou e, por um momento, ele se sentiu mais judiado do que o coelhinho da Mônica em dia de guerra de travesseiros. Em um momento de surto causado pelas alucinações que tivera após fazer uso de chá de cogumelos para esquecer dos dois novos chifres problemas da vida, Sonsão, com um facão amolado, arrancou com um só golpe todos os seus fios de cabelo, no maior estilo Britney Spears, e optou por viver uma vida normal, sem a presença de sua companheira, agora ex.

Os amigos mais próximos de Sonsão questionaram as atitudes precipitadas do casal e insistiram com ele para  ir buscar Dalila e trazê-la novamente ao seu lar de origem. Tamanha foi a insistência que chegaram até a gravar uma música tema que, alguns anos mais tarde, tornou-se um dos hits do carnaval (ao menos em Conceição da Barra, fato que pude presenciar).

Sonsão, que não deu a mínima para os apelos dos amigos, mudou de vida e de profissão, passando a se tornar governador de um estado americano, e acabou se acostumando em levar uma vida normal. Como tudo tem seu preço, não foi apenas a sua vida que sofreu alterações. Confiram o antes e o depois do nosso amigo Sansão e descubram o porquê:

Sonsão, Antes e Depois

Como nossa estória também precisa ter um final feliz, apesar de todos os contratempos, Sonsão ficou mais do que feliz com sua nova profissão, que o fez ganhar centenas de milhares de dólares ao ano, construiu seu próprio harém com o dinheiro que juntou durante todo o mandato e nunca mais precisou quebrar lavar nenhum tipo de louça. Além disso, ao deixar seu cabelo crescer novamente, mesmo aos 70 anos não precisou tomar a pilulazinha azul para dar conta das 135 ex-virgens (afinal, nosso amigo cabeludo se certificou de contratar apenas as que não tinham quilometragem rodada nem haviam passado por nenhum teste-drive ainda,  tendo todo o cuidado de “acertar a boca do palhaço” pessoalmente, como forma de evitar ser novamente um corno…e pior, um corno por antecipação. Assim viveu feliz para sempre!

Quanto à Dalila, esta caiu em profunda depressão quando seu novo marido resolveu fugir com o colega de trabalho, a quem revelou ser profundamente apaixonado. Como forma de levantar fundos para o próprio sustento, acabou por alugar os seus em praças movimentadas da cidade. Não satisfeita com o pouco que conseguia, apenas suficiente para se manter, Dalila arranjou uma vaga de figurante na novela das 9 e hoje passa o tempo todo dançando ao som de músicas indianas e repetindo, incansavelmente, Hare Baba! Ok, podemos considerar que ela também viveu feliz para sempre…pelo menos até morrer, aos 97 anos, enquanto Sonsão (que de bobo agora só tinha o nome e o jeitão de andar), havia aumentado sua equipe para 430 cabeças (e o resto, principalmente) , ainda sem sequer experimentar a tal pilulazinha azul.

Moral da história? Prefiro que usem a imaginação e sugiram nos comentários desse post! =P

Bjundas (a vc e às demais 430)!


7 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. com essa imaginação mano , vc vai longe hahahahahahaha!!!
    sonsão foi do caralho hahahahaha!!!

  2. Juro, que eu prefiria que vc mesmo desse a moral da história !!! Pq tah foda de achar…ainda + de ressaca. kkkkkkkkkkkkk xD

    + a verdade eh q todo mundo jah teve um dia de “Sonsão” na vida!!! Só tah faltando acotnecer a parte boa da historia q são as virgens !!! ¬¬

  3. ahuahuahuahuah confesso que já tava morrendo de sono tb pra bolar uma moral pra história e joguei o trabalho todo pra cima de vocês! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    De qualiquer forma, nem precisa dizer que até mesmo Sansão, que era o cara, dava seus vacilos, portanto, não importa quão bom você seja, você há de cometer erros que poderão lhe comprometer toda a vida! Mas caso vc realmente seja bom o bastante, certamente aprenderá com os erros e voltará melhor do que antes! uehuehuee segue a dica!

  4. você tá assistindo muito zorra total.

  5. huahuahuahuahuhahuhauha eu sempre falo que a mídia influencia a vida do povo….e acabamos querendo repetir tudo o que vemos na TV! kkkkkkkkk Mas acredite, foram ELES que roubaram minha idéia! =P

  6. Moral da história: Quando você descobre que foi/é corno(a) ou vc fica doido de vez ou tem uma grande ideia e da a volta por cima husUAHUAsuhauhsuAS

  7. ahhh nem li nao..
    =)
    mas gostei tanto das imagens HUIOAHIUoahihaui

    =**** kd o enfermeiro?
    semana de provas…deve ser isso.. ai mataaaa!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: